Estudante de 14 anos cria sabonete que trata o câncer de pele e ganha prêmio

0
139

Você já imaginou criar um produto que pudesse salvar vidas e ainda ser reconhecido por isso? Essa é a história de Heman Bekele, um jovem de 14 anos que desenvolveu um sabonete que trata o câncer de pele e ganhou um prêmio pela invenção.

O que é o 3M Young Scientists Challenge?

O 3M Young Scientists Challenge é um concurso importante de ciências e engenharia voltado para estudantes do ensino médio nos Estados Unidos, e administrado pela Discovery Education. O objetivo é incentivar os jovens a usarem sua criatividade e conhecimento para resolver problemas reais do mundo.

Bekele apresentou o seu produto e ganhou o 3M Young Scientists Challenge de 2023, sendo nomeado como o “Melhor Jovem Cientista da América” e recebendo um prêmio de U$ 25 mil, que equivale em torno de 125 mil reais.

Qual foi a motivação do adolescente para criar o sabonete?

O jovem estudante sempre foi apaixonado pela ciência. Ele começou o processo de criação do produto com apenas 12 anos de idade e levou um ano e meio para chegar a um protótipo. Sua principal motivação foi quando descobriu o preço do tratamento de câncer de pele.

Bekele, que nasceu na Etiópia e se mudou para os Estados Unidos com quatro anos, soube que o câncer de pele tem grande incidência em países em desenvolvimento, e que o preço médio de uma cirurgia é de US$ 40 mil, aproximadamente R$ 200 mil.

O estudante disse que queria criar um produto que fosse acessível para o maior número de pessoas, principalmente para população de baixa renda.

Câncer de pele: do que é feito o sabonete?

Heman primeiramente teve que estudar mais sobre o câncer de pele e procurou entender como as células dentríticas, que atuam na imunidade, funcionam.

Os três principais ingredientes do produto são o ácido salicílico, o ácido glicólico e a tretinoína. A junção das substâncias reativa as células dentríticas e estimula a produção de anticorpos que combatem as células cancerígenas.

O sabonete deve ser usado diariamente durante quatro semanas para obter os melhores resultados. Segundo Bekele, o produto já foi testado em ratos e mostrou uma eficácia de 80%.

Qual é o impacto do sabonete para a saúde pública?

O sabonete criado por Bekele pode ser uma alternativa barata e eficaz para o tratamento do câncer de pele, que é um dos tipos mais comuns e perigosos da doença. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 2 milhões de pessoas são diagnosticadas com câncer de pele a cada ano no mundo.

O produto também pode beneficiar as pessoas que vivem em regiões com alta exposição solar, como o Brasil, onde o câncer de pele representa 27% dos casos de câncer no país.

O jovem cientista espera poder patentear o seu sabonete e torná-lo disponível no mercado em breve. Ele também pretende continuar seus estudos na área da biomedicina e contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Foto: Fairfax County Public Schools

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here