Gás de cozinha e gasolina vão subir de preço a partir desta terça

0
6
Agência Brasil

Quem não quiser pagar mais caro pelo preço do combustível pode acelerar sua ida ao posto de combustível. A partir de amanhã, terça-feira 09 de julho o valor da gasolina e gás de cozinha serão repassados com novo valor pela Petrobrás aos revendedores.

Serão mais de 7%de aumento na gasolina e quase 10% no gás de cozinha (precisamente, 9,6%).

O litro da gasolina terá um alta de 0,20 (vinte centavos na distribuidora), enquanto o gás caseiro subirá mais de três reais, em média.

Primeiro reajuste em 2024

Este será o primeiro aumento de combustível da Petrobrás no ano, visto que o último havia sido em outubro de 2023, há mais de 10 meses.

A petroleira anunciou em maio de 2023 uma mudança em sua política de preços. Desde então, a estatal não segue mais a política de paridade internacional (PPI), que reajustava o preço dos combustíveis com base nas variações do dólar e da cotação do petróleo no exterior.

Pesando no bolso

A expectativa é que o combustível chegue até 3% mais caro ao consumidor.

A recomendação para que, quem puder, realize o abastecimento o quanto antes, tem como base o histórico de repasse dos reajustes ao consumidor final, já que via de regra, imediatamente, no mesmo dia do aumento do custo no refino, se aplica elevação direto na bomba.

Já os preços do GLP, o gás de cozinha, não era alterados desde julho de 2023, há mais de um ano. Naquela ocasião, o botijão de 13kg passou a custar R$ 31,66. A alta é de 9,6%.

Veja a nota da Petrobras

 A partir de amanhã, 09/07, a Petrobras ajustará seus preços de venda de gasolina A para as distribuidoras que passará a ser, em média, de R$ 3,01 por litro, um aumento de R$ 0,20 por litro.

Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para composição da gasolina C vendida nos postos, a parcela da Petrobras na composição do preço ao consumidor passará a ser de R$ 2,20 /litro, uma variação de R$ 0,15 a cada litro de gasolina C.

Em 2024, este é o primeiro ajuste nos preços de venda de gasolina A da Petrobras para as distribuidoras. O último ajuste ocorreu em 21/10/2023, uma redução. E o último aumento ocorreu em 16/08/2023.

Desde a implementação da nova estratégia comercial, a Petrobras reduziu seus preços de venda para as distribuidoras em R$ 0,17 /litro.

Já para o GLP, a Petrobras ajustará seus preços de venda para as distribuidoras que passará a ser, em média, equivalente a R$ 34,70 por botijão de 13kg, um aumento equivalente a R$ 3,10.

Em 2024, este é o primeiro ajuste nos preços de venda de GLP da Petrobras para as distribuidoras. Os últimos ajustes ocorreram em 17/05 e 01/07/2023, duas reduções. E o último aumento ocorreu em 11/03/2022.

Desde 31/12/2022, a Petrobras reduziu seus preços de venda para as distribuidoras em valor equivalente a R$ 7,34 /13kg.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here