Pequenas empresas geram 80% dos empregos no Brasil

0
105

Uma pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), revelou que as micro e pequenas empresas (MPE) foram responsáveis por oito em cada dez empregos criados na economia brasileira em 2023.

Os números são impressionantes: do saldo total de 1,48 milhão de novos empregos gerados ao longo do ano passado, os pequenos negócios responderam por 1,18 milhão de vagas, representando 80,1% do total. Em contrapartida, as médias e grandes empresas (MGE) contribuíram com 209,99 mil vagas, equivalente a 14,2% do saldo total.

Este é o terceiro ano consecutivo em que as micro e pequenas empresas lideram a geração de novos postos de trabalho no país. Desse modo, consolida sua importância para a economia brasileira. Em 2023, o setor de serviços se destacou como o principal gerador de empregos, com um saldo de 631 mil novas vagas. Entre as médias e grandes empresas, o destaque foi para a indústria da transformação, com 23,5 mil novos empregos.

No que diz respeito aos setores específicos, o comércio e a construção se destacaram entre as micro e pequenas empresas. Ao mesmo tempo, são 263,25 mil e 180,52 mil vagas criadas, respectivamente. Todos os setores apresentaram saldo positivo ao longo do ano, demonstrando a resiliência e a capacidade de adaptação desses negócios.

Quais atividades geram mais empregos no Brasil?

Entre as atividades econômicas que mais contribuíram para a geração de empregos em 2023, destacam-se os segmentos de restaurantes e outros estabelecimentos de serviços de alimentação e bebidas, com 69 mil contratações. E ainda: construção de edifícios, com um saldo de 58,1 mil vagas. O comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios, como hipermercados e supermercados, que geraram 47,9 mil vagas.

No entanto, em dezembro de 2023, o saldo de empregos apresentou uma queda, com um total de 430 mil vagas fechadas. Entre as micro e pequenas empresas, foram fechados 178 mil postos de trabalho, enquanto as médias e grandes empresas registraram um saldo negativo de 195 mil vagas.

Apesar disso, é importante notar que houve uma redução no número de empregos encerrados em comparação com o mesmo período do ano anterior. Isso indica uma possível recuperação econômica. O setor de comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios, novamente se destacou, gerando 7,6 mil vagas em dezembro de 2023.

Em resumo, os dados da pesquisa do Sebrae confirmam o papel fundamental das micro e pequenas empresas na geração de empregos e no desenvolvimento econômico do Brasil, evidenciando sua resiliência e contribuição para a sustentabilidade do mercado de trabalho.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here