Conheça a cidade do Nordeste campeã em tremor de terra

0
40

No mês de janeiro, Jaguarari, município localizado a 410 quilômetros de Salvador, na Bahia, ganhou destaque no cenário sísmico do nordeste brasileiro ao registrar nove tremores de terra, segundo dados divulgados pelo Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Labsis – UFRN), responsável pelo monitoramento da região.

Ao todo, foram registrados 28 abalos sísmicos na região nordeste, dos quais 17 ocorreram no estado da Bahia. Isso coloca Jaguarari como a cidade mais afetada pelos tremores durante o período, representando mais da metade dos eventos registrados nos últimos 30 dias.

Os tremores também ocorreram em outras cidades baianas. Ao mesmo tempo são seis registros em Jacobina, um no Litoral da Bahia e outro em Irecê. Todos os tremores são de baixa magnitude, abaixo de 2,5 na escala Richter. Isso caracteriza como eventos relativamente pequenos, sem causar danos significativos.

Esses eventos sísmicos, embora de pequena intensidade, chamam a atenção para a atividade sísmica na região e ressaltam a importância do monitoramento contínuo para compreender e mitigar os riscos associados a esse fenômeno.

Não é a primeira vez que Jaguarari lidera a lista de municípios com maior número de tremores de terra na Bahia. Em novembro do ano passado, o município também ocupou o topo da lista, demonstrando uma tendência de atividade sísmica nessa região.

Contudo, não há relatos de danos significativos ou impactos na população. No entanto, a ocorrência desses eventos destaca a importância da vigilância contínua e da preparação para lidar com fenômenos naturais, mesmo que de baixa intensidade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here