Varejo cria 35 mil vagas de emprego em SP no fim do ano

0
36
compras_no_comercio

O fim do ano é uma época de oportunidades para quem busca uma vaga de emprego no varejo. Segundo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), o setor deve gerar cerca de 35 mil novos postos formais de trabalho para o último trimestre de 2023, um crescimento de 4,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

A expectativa é que as vendas aumentem com as festas de Natal e Ano Novo, e que parte dessas vagas se torne efetiva a partir de 2024. De acordo com a FecomercioSP, em torno de 20% dos contratados temporários têm a possibilidade de serem efetivados.

As lojas de roupas, calçados e acessórios devem ser as que mais vão contratar, respondendo por 30% das vagas. Outros segmentos que devem se destacar são os de eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamentos, supermercados, farmácias e perfumarias.

Momento de recuperação e crescimento do varejo

Para falar sobre esse cenário, conversamos com os porta-vozes da Associação Paulista dos Empreendedores do Circuito das Compras (Apecc), que reúne os comerciantes do famoso circuito de compras de São Paulo, que abrange as regiões da Rua 25 de Março, do Brás e do Bom Retiro.

Segundo eles, o varejo paulista está em um momento de recuperação e crescimento, após enfrentar as dificuldades impostas pela pandemia de Covid-19. Eles afirmam que o circuito de compras de São Paulo é um dos principais polos de geração de emprego e renda da cidade, e que tem adotado diversas ações de incentivo aos consumidores e aos empreendedores.

Entre essas ações, estão a realização de eventos, promoções, sorteios, campanhas de divulgação, capacitação profissional, apoio jurídico e contábil, entre outras. Eles também destacam a importância de seguir os protocolos sanitários e de segurança, para garantir a saúde dos clientes e dos funcionários.

Dicas de como impulsionar vendas

Os porta-vozes da Apecc também dão dicas de como alavancar as vendas no fim do ano, como investir em um bom atendimento, oferecer variedade e qualidade de produtos, ter preços competitivos, fazer uso das redes sociais e do e-commerce, e fidelizar os clientes.

Eles ressaltam que o fim do ano é uma ótima oportunidade para os comerciantes mostrarem o seu diferencial e conquistarem a confiança dos consumidores, que estão cada vez mais exigentes e informados.

O varejo paulista é um dos setores mais importantes da economia do estado e do país, e tem um papel fundamental na geração de emprego e renda, especialmente para os trabalhadores informais e de baixa renda. O reconhecimento e o apoio a esse segmento são essenciais para o desenvolvimento social e econômico da região.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here