Jovem viraliza com desculpa de que cachorro comeu placa de moto

0
36

Uma história inusitada chamou a atenção da Polícia Militar (PM) de Porto Belo, no Litoral Norte de Santa Catarina, na noite deste sábado (25). Uma mulher foi parada por dirigir uma moto com a placa de outro veículo, que tinha registro de furto. A explicação que ela deu para a situação foi que seu cachorro havia comido o lacre da placa original, e que ela pegou uma placa emprestada de um catador de materiais recicláveis.

A mulher, de 19 anos, foi abordada na Avenida Governador Celso Ramos, depois de ser flagrada por câmeras de monitoramento saindo de Bombinhas. Os policiais montaram um cerco para interceptar a moto, supostamente furtada, e constataram que a placa não correspondia ao veículo.

Ao ser questionada, a condutora confessou que não tinha habilitação, e que havia perdido a placa original da moto. Ela disse que seu cachorro, um vira-lata, havia roído o lacre da placa, que acabou se soltando. Ela afirmou que não queria andar sem placa, e que por isso pediu uma placa para um jovem que recolhe materiais da rua. Ela não sabia que a placa que ela pegou era de uma moto com registro de furto.

A mulher foi conduzida até a delegacia de Porto Belo, onde foi autuada por adulteração de sinal identificador de veículo e por dirigir sem habilitação. Ela pode pegar de três a seis anos de reclusão, além de pagar multa. A moto foi apreendida e levada para o pátio do Detran.

Cuidados com a placa

A placa é um elemento essencial para a identificação e a segurança de um veículo. Ela contém informações como o número do Renavam, o estado e o município de origem, e o código de barras que permite a leitura eletrônica. Além disso, a placa é um documento que comprova a regularidade do veículo perante os órgãos de trânsito.

Por isso, é importante cuidar bem da placa e evitar que ela seja danificada, perdida ou roubada. Caso isso aconteça, o proprietário do veículo deve providenciar uma segunda via da placa o mais rápido possível, seguindo os procedimentos do Detran do seu estado. Andar com a placa adulterada, falsificada ou de outro veículo é crime, e pode trazer sérios problemas para o condutor e para o dono da placa.

Além disso, é preciso ficar atento ao lacre da placa, que é um dispositivo de segurança que impede a sua remoção ou troca. O lacre deve estar intacto e bem fixado na placa, sem sinais de violação ou adulteração. Caso o lacre esteja rompido, solto ou ausente, o condutor deve procurar o Detran para fazer a substituição do lacre, sob pena de multa e apreensão do veículo.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here