Cidade do Nordeste terá teste do bafômetro para vereadores antes das sessões

0
48

Ter que se submeter a um teste de alcoolemia para poder trabalhar. Pode parecer estranho e inusitado, mas a verdade. E pior ainda: isso é em Câmara Municipal, onde pessoas escolhidas pelo povo através do voto trabalham defendendo os interesses da sociedade. Este caso ocorreu na cidade de Pirpirituba, no interior da Paraíba. Lá, a Câmara Municipal decidiu por unanimidade exigir que os parlamentares se submetam ao teste do bafômetro para participar das sessões na Câmara. A medida foi tomada para evitar que os parlamentares participem das atividades na Casa embriagados e causando tumulto.

O requerimento foi do vereador Carlinhos Simões (PSDB), que se sentiu incomodado porque teria um colega de parlamentar comparecendo às sessões da Câmara com sintomas de embriaguez e causando tumulto.

Na justificativa ao projeto, o autor da proposta pontua que o requerimento “é um pedido solicitado pela sociedade e pelas redes sociais, para disciplinar e coibir o acesso de vereadores com sintomas de ingerência de álcool etílico e embriaguez”.

A medida deve proporcionar tranquilidade durante a realização das sessões e maior segurança dos vereadores e do povo que comparece aos debates. É importante que a gestão municipal atenda a esta demanda para garantir a integridade dos funcionários e dos parlamentares.

Se este caso vira moda, podemos ter uma reviravolta nos trabalhos legislativos de várias cidades. E se chegar no Congresso Nacional, aí é que a porca pode torcer o rabo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here