Polícia Federal faz operação contra tráfico de drogas em 4 Estados

0
15
policia federal
A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (3) a Operação Flos. O objetivo é desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas. O grupo utilizava a fronteira entre o Uruguai e o município de Jaguarão, no Rio Grande do Sul, para transportar substâncias ilícitas. Estima-se que, entre 2023 e 2025, a organização tenha movimentado mais de R$ 28 milhões.

Detalhes da Operação

A Operação Flos está cumprindo 16 mandados de busca e apreensão nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro e São Paulo,. Além disso, também há nove mandados de prisão preventiva. Em colaboração com a polícia uruguaia, três mandados de prisão estão sendo cumpridos no Uruguai.

De acordo com informações da PF, a investigação teve início em 2023 após um flagrante na região de Jaguarão. Na ocasião, um homem foi pego transportando 15 quilos de skunk em um veículo, com destino final a Porto Alegre.

Skunk: A Droga de Alta Potência

O skunk, uma droga com alta concentração de THC (tetra-hidrocanabinol), é um produto  do cruzamento genético e cultivo hidropônico da planta cannabis sativa, a mesma que dá origem à maconha. Diferente da maconha tradicional, o skunk vem do laboratório através da manipulação genética, resultando em uma substância muito mais potente.

Modus Operandi da Organização

De acordo com a PF, o grupo criminoso enviava skunk para diversas regiões do Brasil utilizando o modal rodoviário. As investigações, realizadas com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, revelaram que os criminosos tinham um esquema bem organizado para a distribuição da droga. Como parte das ações da operação, houve o bloqueio de mais de R$ 8 milhões das contas dos envolvidos e a apreensão de mais de R$ 700 mil.

Impacto da Operação

A Operação Flos representa um importante passo no combate ao tráfico internacional de drogas, especialmente no que diz respeito ao skunk, uma droga altamente concentrada e perigosa. A cooperação entre a Polícia Federal brasileira e as autoridades uruguaias foi crucial para o sucesso da operação, demonstrando a importância da colaboração internacional no enfrentamento ao crime organizado.

A princípio, a Polícia Federal continuará monitorando e investigando as atividades da organização criminosa. Desse modo, visando desmantelar completamente a rede de tráfico e garantir a segurança da população.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here