Corre aqui, Mano Brown! Ed Motta diz que Hip Hop é coisa de imbecil

0
53
Ed MOtta

O cantor Ed Motta se envolveu em uma grande polêmica nesta quarta-feira, 12/06, ao fazer comentários pejorativos sobre o estilo musical hip hop. Durante uma live no Instagram, o artista de jazz afirmou que quem aprecia o gênero não possui inteligência, chamando os ouvintes de “burros” e “imbecis”.

Declarações Controversas

Ed Motta, conhecido por suas opiniões fortes, não poupou palavras ao criticar o hip hop. “Qualquer um que ouve hip hop é burro. Qualquer um, qualquer um. Sem exceção. Outro dia, eu vi um trecho de uma entrevista desse bobalhão, Rafinha Bastos. ‘Ah, porque hip hop é o tipo de música que eu mais gosto de ouvir’. O cara é um imbecil”, disparou o cantor durante a transmissão ao vivo.

Além de criticar os fãs do gênero, Motta defendeu o estilo musical que canta, o jazz, sugerindo que seus ouvintes são mais inteligentes. Essa postura gerou uma onda de reações imediatas nas redes sociais.

Repercussão nas Redes Sociais

A fala de Ed Motta não passou despercebida e rapidamente viralizou. Internautas se mobilizaram para criticar a postura do cantor, desafiando-o a repetir suas palavras para artistas renomados do hip hop, como Mano Brown.

“Eu te desafio a ligar Facetime com Mano Brown e chamar ele de burro”, escreveu um usuário do Twitter. Outros comentários apontaram que a crítica de Ed Motta estava carregada de elitismo e preconceito, alguns até mencionando possíveis tons de racismo em suas declarações.

“Não é novidade que ele não gosta de rap/hip hop, mas a forma que critica vem carregada de elitismo e muito, mas muito, preconceito”, comentou uma seguidora.

“Essa fala do Ed Motta é uma das coisas mais preconceituosas que já ouvi de um músico, ainda mais sendo negro como ele é”, opinou outro internauta.

O Contexto das Declarações

Ed Motta tem um histórico de opiniões polêmicas e muitas vezes provocadoras. No entanto, sua última declaração parece ter cruzado uma linha sensível, tocando em questões de gosto musical, inteligência e até mesmo racismo. O hip hop, um gênero que nasceu da cultura afro-americana e se tornou um fenômeno global, tem um papel importante na expressão cultural e social de muitas comunidades ao redor do mundo.

A declaração de Ed Motta ocorre em um momento onde o diálogo sobre diversidade e inclusão está mais forte do que nunca, tornando suas palavras ainda mais controversas.

Reflexões Finais

Em suma, as palavras de Ed Motta abrem um importante debate sobre preconceito e elitismo no mundo da música. Ao mesmo tempo, a diversidade de estilos musicais reflete a riqueza cultural de uma sociedade. Contudo, críticas tão incisivas como as do cantor podem polemizar do pior jeito possível. Discutir o valor cultural de um estilo musical é salutar. Mas, devemos deixar qualquer tipo de preconceito social do lado de fora deste debate. Ainda mais quando envolve minorias.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here