Conheça o “detox de telas”, que quer eliminar a apatia dos jovens atuais

0
26

Você já reparou como as crianças ficam mais desanimadas, irritadas e dispersas nas segundas-feiras? Isso pode ter a ver com o uso excessivo de telas no final de semana, que afeta o humor, a concentração e a motivação dos pequenos. Mas uma iniciativa criada por uma escola mirou no “detox de telas” como uma forma de eliminar a apatia dos jovens atuais.

O colégio fica em Curitiba e encontrou uma forma criativa e divertida de lidar com esse problema: as gincanas das segundas-feiras. A escola Interpares, que atende alunos do ensino infantil e fundamental, percebeu que os estudantes retornavam das folgas com uma desconexão das rotinas escolares, que se refletia em atitudes mais desafiadoras, ansiosas e passivas. Para ajudar os alunos a se reconectarem com os amigos, com a rotina e consigo mesmos, a escola propõe atividades lúdicas e cooperativas que estimulam o movimento, a interação e o aprendizado.

Segunda do detox

“Toda segunda-feira, os alunos participam de gincanas que envolvem uma série de atividades em grupo, com movimentos físicos e cognitivos bastante divertidos. Assim, eles extravasam a energia, engajam coletivamente e assimilam conhecimento de maneira mais leve e orgânica enquanto se desconectam da necessidade da tela”, explica Caroline Brand, coordenadora da Interpares.

A ideia é que as gincanas sejam uma forma de transição entre o final de semana e a semana escolar. O objetivo é ajudar os alunos a superarem o estado de inércia, apatia e confusão causado pelo excesso de telas. Segundo a diretora da escola, Dayse Campos, esse estado é chamado de tamásico e está associado à falta de energia, de motivação e de clareza mental.

“Ao se unirem em atividades físicas, jogos e desafios cooperativos, os alunos encontram motivação para superar a desconexão do fim de semana e se reconectam com as rotinas escolares de forma mais positiva e energizada”, afirma Campos.

Desligar dos eletrônicos virou parte essencial

A diretora conta que as gincanas das segundas-feiras se tornaram uma parte essencial da escola. De acordo com ela, a iniciativa preza pelo compromisso da escola em fornecer educação equilibrada. Acima de tudo que valoriza a infância, o autoconhecimento e a interação social. E os resultados são notórios, com alunos mais felizes, sociáveis. Com grande capacidade de concentração e cheios de conhecimento de valor.

As gincanas são planejadas de acordo com a faixa etária e os interesses dos alunos. A pricípio, abordam temas variados, como cultura, ciência, arte, esporte, meio ambiente, entre outros. Cada atividade tem um objetivo pedagógico e uma forma de avaliação. Ela pode ser individual ou coletiva. Além disso, as gincanas também promovem valores como cooperação, respeito, solidariedade e responsabilidade.

A escola Interpares é um exemplo de como é possível transformar os jovens atuais. O “detox de telas” é uma experiência lúdica e educativa. Ao mesmo tempo beneficia o desenvolvimento integral dos alunos. Ao invés de proibir ou restringir o uso de telas, a escola propõe alternativas que despertam o interesse, a curiosidade e a criatividade das crianças, e que contribuem para a formação de cidadãos conscientes, críticos e felizes.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here