“É raro, mas é comum!” Como casos de grávidas sem saber se multiplicam no Brasil

0
46

O caso de uma mulher na Paraíba, que entrou em trabalho de parto sem saber que estava grávida evidenciou um caso raro, mas menos incomum do que se imagina…

Como uma pessoa pode estar grávida de 3,4 até sete meses sem sequer desconfiar??
Muito além da realidade histórica de ofuscamento intencional da gravidez por medo de represália familiar, castigo paterno etc, biologicamente, há casos de real desconhecimento da mulher.

O médico João Alves, médico obstetra do Hospital de Trauma de Campina Grande, cita que apesar de ser exceção, casos raríssimos, há mulheres, por exemplo, que ficam meses de gestação menstruando.

Atleta descobre gravidez 3 dias antes de dar à luz

Ou ainda da atleta brasileira de basquete, Sílvia, que descobriu a gravidez apenas 3 dias antes de dar a luz.

A jogadora passou sete meses sem sequer desconfiar da gestação. Não enjoava, não menstruava, mas tomava remédio anticondcepcional regularmente, sentia dores no estômago, ma foi diagnosticada com gastrite.

A única coisa que percebia era um pouco do aumento do peso, mas mesmo submetida a bateria de exames na seleção brasileira, não se diagnosticou a gestação.

Ou ainda a halterofilista chilena, Elizabet Poblet, que saiu de um treino com dores de contração direto para a mesa de parto, sem nunca sequer desconfiar da gravidez.

O CASO NA PARAÍBA

No começo desta semana uma mulher deu entrada no Hospital de Trauma de Campina Grande, reclamando de dores abdominais após uma queda.A jovem de 20 anos de idade estava na verdade entrando em trabalho de parto.

Foi atendida pela equipe de cirurgia que suspeitou dos sintomas e solicitou a realização de uma ultrassonografia abdominal (USG), quando se identificou a presença de feto único, com batimentos cardíacos presentes.

Ainda na unidade, a paciente se queixou de aumento da dor e expulsou o saco gestacional.
O bebê nasceu com vida e ainda foi encaminhado a UTI pediátrica, mas não resistiu e faleceu ainda no Hospital.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here