Como os brasileiros usam a internet? IBGE revela curiosidades

0
18

A internet faz parte da vida de milhões de brasileiros, que a utilizam para se comunicar, se informar, se divertir e até mesmo para estudar e trabalhar. Mas como os brasileiros usam a internet? Quais são as finalidades mais comuns do acesso à rede? E qual é a frequência com que as pessoas se conectam?

Para responder a essas perguntas, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta-feira os resultados do módulo Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, referente ao ano de 2022. A pesquisa investigou, pela primeira vez, a frequência com que as pessoas normalmente utilizavam a Internet e ampliou a investigação sobre a finalidade do acesso à Internet, adicionando novos itens a serem pesquisados.

Quantas vezes o brasileiro usou a internet por semana?

De acordo com o levantamento, 87,2% da população de 10 anos ou mais de idade (ou 161,6 milhões de pessoas) acessaram a internet no período de referência (últimos três meses anteriores à entrevista), ante 84,7% em 2021. Entre quem utilizou, 93,4% usavam de forma habitual todos os dias; 2,7% utilizavam quase todos os dias (cinco ou seis dias por semana); 3,2% de uma a quatro vezes por semana; e apenas 0,7% utilizavam com uma frequência inferior a uma vez por semana.

A pesquisa também mostrou que a região com maior percentual de usuários da internet continua sendo o Centro-Oeste, influenciado pelo Distrito Federal, que tem a maior proporção (96,6%) de usuários entre as 27 Unidades da Federação. As regiões Norte (82,4%) e Nordeste (83,2%) permaneceram com os menores resultados, mesmo apresentando as maiores expansões entre 2021 e 2022: 6,1 pontos percentuais (p.p.) e 5,1 p.p., respectivamente.

Pra que o brasileiro usa a internet?

Em relação à finalidade do acesso à internet, a pesquisa revelou que o percentual de pessoas que acessaram a internet para chamadas de voz ou vídeo foi a finalidade mais informada, alcançando 94,4% dos usuários, uma queda de 1,3 p.p. em comparação com 2021. Em seguida foi enviar ou receber mensagens de texto, voz ou imagens por aplicativos diferentes de e-mail, com 92,0%, uma queda de 2,9 p.p. em relação a 2021.

Outras finalidades de uso apontadas pela maioria dos usuários foram: assistir a vídeos, inclusive programas, séries e filmes (88,3%); usar redes sociais (83,6%); ouvir músicas, rádio ou podcast (82,4%); ler jornais, notícias, livros ou revistas pela Internet (72,3%); acessar banco ou outras instituições financeiras (60,1%); e enviar ou receber e-mails (59,4%). Entre os destaques, a resposta “jogar” apareceu para 32,4% das pessoas, com diferença marcante entre homens (39,0%) e mulheres (26,3%).

Como os estudantes usam a internet?

Entre os estudantes, as principais diferenças se referiam ao uso da internet para jogar, muito maior entre os que estudam (60,2%) e acessar bancos ou outras instituições financeiras, consideravelmente menor (40,6%). “Tais diferenças podem ser explicadas pelo próprio perfil etário desses grupos, uma vez que os estudantes são, em média, mais jovens, e por isso, têm hábitos de utilização da internet mais específicos”, justificou o analista da pesquisa, Gustavo Geaquinto.

Os dados da pesquisa mostram, portanto, que a internet é uma ferramenta cada vez mais presente e diversificada na vida dos brasileiros, que a utilizam para diferentes fins e com diferentes frequências. A pesquisa também evidencia as desigualdades regionais, de área e de escolaridade no acesso à rede, que ainda precisam ser superadas para garantir a inclusão digital de toda a população.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here