Escravizada que desembargador chama de filha está em lista de funcionárias – 16/06/2023

0
8

[ad_1]

Esta é a versão online da newsletter Pra Começar o Dia enviada hoje (16). Quer receber antes o boletim e diretamente no seu email? Clique aqui. Os assinantes UOL ainda podem receber dez newsletters exclusivas toda semana.

********

Vítima, incomunicável e “da família”. Na semana passada, um grupo de fiscalização móvel resgatou uma trabalhadora doméstica negra da casa do desembargador Jorge Luiz de Borba, em Florianópolis. Ele é acusado de submeter a doméstica a condições análogas à escravidão, mas tem afirmado que ela é “filha afetiva”. Reportagem exclusiva do UOL e da Repórter Brasil revela que Sônia, a trabalhadora resgatada, aparece em lista de funcionárias do casal.

Com deficiência auditiva, Sônia teria começado a trabalhar aos 13 anos, permanecendo na casa até os 49, quando foi resgatada. Nunca aprendeu a Língua Brasileira de Sinais. Fez trabalhos domésticos sem salário, férias ou descansos definidos. O desembargador, sua esposa e os filhos afirmaram sempre tratar Sônia “como membro da família”. Lys Sobral, coordenadora nacional do MPT (Ministério Público do Trabalho), contesta o tratamento familiar: a mulher resgatada nunca teve plano de saúde, não saía de casa, não fazia as refeições com a família nem dormia na casa principal.

Ciclone provoca inundações no Sul. Tempestades provocadas por um ciclone extratropical resultaram em destruição e alagamentos em várias cidades do Rio Grande do Sul na madrugada de sexta (16). Em Maquiné, cidade a 130 km de Porto Alegre, o prefeito João Marcos Bassani (PDT) pediu que os moradores saíssem de casa devido aos riscos de inundação. Em Capão da Canoa, no litoral norte gaúcho, a água da chuva entrou com força no Hospital Santa Luzia.

Há dezenas de famílias desabrigadas. Segundo a Defesa Civil, entre os municípios mais atingidos, além de Maquiné e Capão da Canoa, estão São Leopoldo, onde rios transbordaram, Itati e Morrinhos do Sul.

Refúgio dos muito ricos. Conhecido em Alagoas como o braço direito do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), o ex-assessor Luciano Cavalcante é dono de um casa de alto padrão no condomínio mais luxuoso de Alagoas, que conta com praia exclusiva, marina privada e heliponto. Veja foto da mansão.

Cavalcante é alvo de operação da Polícia Federal que aponta superfaturamento na compra de kits de robótica por prefeituras alagoanas. Na Câmara dos Deputados, antes de ser desligado, ele tinha rendimentos brutos de R$ 12.300,00. O ex-assessor e a mulher, Gláucia, são apontados como “prováveis” beneficiários finais do fluxo de dinheiro da empresa Megalic. A defesa de Cavalcante nega irregularidades na aquisição do imóvel.

Celular apreendido e redes bloqueadas. Em operação autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão nos endereços do senador Marcos do Val, do Podemos do Espírito Santo. Ele teve celular e computador apreendidos, e contas bloqueadas nas redes sociais. Marcos do Val é investigado por vários crimes, entre eles tentativa de golpe de Estado, associação criminosa e divulgação de informações confidenciais.

A Polícia Federal pediu também a prisão do senador, que tem foro privilegiado, mas Moraes negou o pedido e determinou que ele seja novamente ouvido na investigação sobre suposto plano golpista que envolve o ex-presidente Jair Bolsonaro e o ex-deputado Daniel Silveira, plano sobre o qual o senador deu várias versões. Em entrevista à Globonews na quinta (15), Marcos do Val disse que a operação da PF é tentativa de intimidá-lo. Reinaldo Azevedo escreve sobre o roteiro do golpe de Estado encontrado no celular do tenente-coronel Mauro Cid.

Centenas de nomeações empacadas. Foi uma reunião longa, mais de nove horas, a terceira reunião ministerial do governo Lula, com a presença também de representantes de bancos públicos e da Petrobras. “A gente vai ter que cumprir o que já propôs até agora”, cobrou o presidente Lula na quinta (15), no Palácio do Planalto. Lula afirmou que as dificuldades não serão escondidas e saiu em defesa da ministra Nísia Trindade, cuja pasta, a da Saúde, está sendo cobiçada por parlamentares do centrão.

Entre as cobranças para melhorar a relação com o Congresso está a nomeação dos indicados por partidos da base do governo. O ministro Alexandre Padilha (Relações Institucionais) transmitiu a ordem para a liberação mais rápida de cargos e afirmou que existem mais de 400 nomes indicados na administração federal, já aprovados pela sua pasta, que ainda não foram incluídos no sistema pelos ministros. A ministra do Turismo, Daniela Carneiro, que pode perder o cargo, falou em dever cumprido.

Petrobras reduz preço da gasolina. Começa a valer nesta sexta (16) a nova redução de preço da gasolina vendida para as distribuidoras, anunciada pela Petrobras. O litro do combustível será vendido a R$ 2,66, uma queda de 4,3% no preço, ou R$ 0,13 a menos no litro.

O preço médio ao consumidor final pode chegar a R$ 5,33 por litro de gasolina, valor afetado por impostos locais e margens de lucro das empresas de distribuição e revenda. Para julho, a expectativa é de que o preço da gasolina aumente.

Hollywood vem ao Ibirapuera. A segunda edição presencial do Tudum, festival da Netflix que celebra filmes e séries da plataforma de streaming, traz a São Paulo os atores Chris Hemsworth, Arnold Scharzenegger e Gal Gadot, entre outros. Em entrevista ao jornal O Globo, Chris Hemsworth disse que heróis, para ele, são os surfistas brasileiros Ítalo Ferreira e Gabriel Medina. No Brasil pela primeira vez, o ator veio divulgar Resgate 2, que estréia nesta sexta (16). Leia a crítica em Splash.

Em FUBAR, Scharzenegger faz um superespião que esconde sua verdadeira profissão da família. Roberto Sadovski escreve sobre a reinvenção dos astros no streaming. No Parque do Ibirapuera, no Pavilhão da Bienal, a feira vai erguer cenários interativos de filmes e séries da Netflix. O evento vai de sexta (16) a domingo (18), com ingressos esgotados.



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here