Governo Lula é cobrado a mudar área de escola do Exército em Pernambuco – 30/05/2023

0
9

[ad_1]

Esta é a versão online da newsletter Pra Começar o Dia enviada hoje (30). Quer receber antes o boletim e diretamente no seu email? Clique aqui. Os assinantes UOL ainda podem receber dez newsletters exclusivas toda semana.

********

APA em disputa abrange seis municípios. Preocupadas com o que resta da Mata Atlântica, entidades ambientalistas têm pressionado o governo Lula a rever o local da futura Escola de Formação e Graduação de Sargentos de Carreira do Exército, informa Carlos Madeiro. Escolhido na gestão Bolsonaro para ocupar uma APA (Área de Proteção Ambiental) no Grande Recife, o projeto bilionário vai envolver um desmate de 188 hectares, segundo entidades que agora pressionam a ministra Marina Silva (Meio Ambiente) a trocar a escola de lugar.

O Estado de Pernambuco quer o empreendimento, mas o governo de Raquel Lyra (PSDB) trata o tema com cautela: um grupo de trabalho avalia os termos do acordo. O Comando Militar do Nordeste informou que realiza estudos ambientais desde 2021, identificando áreas restritivas.

Fronteiras unidas contra o narcotráfico. O presidente Lula recebe em Brasília, nesta terça (30), dez presidentes de países da América do Sul. O primeiro a chegar foi Nicolás Maduro, no domingo (28). As relações do Brasil com a Venezuela haviam sido cortadas durante o governo Bolsonaro. Lula defendeu que os países vizinhos recuperem o conselho de defesa a fim de combater o narcotráfico na região.

“Para preparar a defesa fronteiriça é preciso ter as Forças Armadas coesas, se preparando para garantir a soberania dos países”, disse o presidente no Palácio do Planalto. O Peru foi convidado, mas não participa da reunião. A colunista Juliana Dal Piva informa que o clima gerado pela recepção a Maduro pode acelerar o anúncio que Lula fará do advogado Cristiano Zanin para vaga no STF.

Mergulhadores no crime organizado. A participação de mergulhadores profissionais no Brasil para ajudar o tráfico de drogas internacional surpreende especialistas. A estratégia é cheia de riscos e, segundo a Polícia Federal, já acabou em morte. Na semana passada, quatro suspeitos foram alvo de mandados de prisão preventiva, e dois deles eram mergulhadores que escondiam a droga no casco de navios.

Mais de 1.470 quilos de cloridrato de cocaína foram apreendidos. O destino era a Europa. O grupo de traficantes e mergulhadores que a Polícia Federal investiga desde 2021 tem ligações com o Comando Vermelho, mas a professora Carolina Grillo (UFF) acredita que existam parceria das facções criminosas, devido ao nível de complexidade da operação, que inclui funcionários e fiscais dos portos.

Djokovic vence em Roland Garros, Bia Maia também. Atual número 3 do mundo, Novak Djokovic venceu por 3 sets a zero o norte-americano Aleksandar Kovasevic na estreia em Roland Garros na segunda (29). Fã do sérvio desde criança, o tenista de 24 anos sorria muito depois de ser derrotado por Djokovic. Veja como foi cada set do jogo na coluna Saque e Voleio.

A paulista Bia Haddad Maia, número 1 do tênis no Brasil e 14 do mundo, venceu a alemã Tatjana Maria por 2 sets a zero, em partida rápida, com direito a 11 games seguidos. Bia ficou bem feliz com a oitava vitória da carreira em grand slam. Acompanhe a cobertura de Roland Garros em Tenis Brasil.

Marco temporal abre brechas para garimpo. O projeto de lei do marco temporal que pode ser votado hoje (30) na Câmara dos Deputados coloca em choque os interesses do movimento indígena (apoiados pelos ambientalistas) e o poder da bancada ruralista. A Constituição entra no jogo com os direitos e a data, o ano de 1988, como o marco de tempo: a Frente Parlamentar da Agropecuária insiste que as terras indígenas devem se limitar à área já ocupada pelos povos naquela data. A colunista de Ecoa Truduá Dorrico escreve sobre o tempo e a traição dos políticos no recente esvaziamento da autodeterminação dos povos indígenas: “Experimentamos um átimo de democracia por 134 dias”, lamenta.

Arthur Maia (União Brasil), deputado federal da Bahia, é o relator do projeto. Segundo os críticos, a proposta, se aprovada, vai facilitar a exploração de recursos naturais nas terras indígenas, com brechas para garimpo, agropecuária, abertura de rodovias e hidrelétricas. A Apib (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil) vê risco para a proteção dos territórios já demarcados.

Vergonha e extorsão no golpe das fotos íntimas. Os 33 suspeitos de aplicar o “golpe dos nudes” foram presos na segunda (29) em cidades gaúchas e catarinenses, mas a organização criminosa fez vítimas em 12 estados do Brasil. Segundo as investigações da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, o crime extorquia homens mais velhos, em geral casados e bem-sucedidos, empresários, médicos e políticos, que usavam as redes sociais para trocar fotos íntimas com mulheres jovens. Nos vídeos, os golpistas faziam encenações em delegacia, hospital e até em velório para ameaçar as vítimas.

A primeira prisão em flagrante relacionada ao caso aconteceu em 2022, em Cachoeirinha (RS), e desde então dezenas de pessoas foram presas. O caso foi apresentado no programa Linha Direta, da Rede Globo, recentemente. Nem todos os perfis das redes eram falsos: a polícia identificou uma adolescente de 17 anos que fornecia fotos íntimas por R$ 200, até por menos, o que configura corrupção de menores. Mais um delito para a lista da organização criminosa, investigada por extorsão, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e porte ilegal de armas de fogo.



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here