Fiscalização começa a apreender caixas de som nas praias

0
95

A cidade de Guarujá, no litoral paulista, está intensificando suas medidas de fiscalização. Dessa forma, garantir o cumprimento das normas de uso das praias. Desde a última segunda-feira (8), a segurança pública local começou a apreender caixas de som que estiverem em funcionamento nas faixas de areia da cidade.

De acordo com o Código de Posturas Municipal, o uso de equipamentos sonoros na faixa de areia, jardins e calçadões é proibido. Até o momento, a abordagem ocorria por meio de orientações verbais, com pedidos para desligar os aparelhos. Contudo, a partir desta semana, essa abordagem será com a apreensão dos equipamentos. Ao mesmo tempo, ocorrerá o apoio de policiais militares, guardas municipais e a força-tarefa de fiscalização.

“A partir desta semana, com o reforço das equipes de segurança e fiscalização, ocorrerão a apreensão dos equipamentos de som. Há sinalizações indicando a proibição em todas as praias, além da distribuição de panfletos informativos e orientações de fiscais”, informou a prefeitura à Folha de São Paulo.

Durante o período das festas de fim de ano, entre 25 de dezembro e 1º de janeiro, ocorreram registros de 4.711 equipamentos emitindo ruídos nas praias de Guaiúba, Tombo, Astúrias, Pitangueiras, Enseada e Pernambuco. Todos esses aparelhos foram desconectados pelas equipes de fiscalização.

Além da retirada dos equipamentos de som, a prefeitura distribuiu 7.855 panfletos informativos ao longo das praias, orientando banhistas e ambulantes sobre as práticas proibitivas, conforme previsto na legislação municipal. Vale destacar que a cidade também proíbe animais, tendas, barracas, churrasqueiras e bicicletas em suas praias, buscando manter um ambiente seguro e agradável para todos os frequentadores. A iniciativa visa preservar a qualidade do espaço público e garantir o bem-estar de moradores e visitantes.

Foto: Imagem ilustrativa/Prefeitura de Praia Grande

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here