Eleições na Turquia: Erdogan recebe mais votos, mas não evita segundo turno contra Kilicdaroglu

0
8

[ad_1]

Com 97,87% das urnas apuradas, atual presidente contabiliza 49,35% dos votos e já não pode formar maioria absoluta

REUTERS/StringerTayyip Erdogan
Presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, durante entrevista coletiva em Ancara

As eleições para presidente na Turquia terão segundo turno. Com 97,87% das urnas apuradas, o atual presidente Recep Tayyip Erdogan contabiliza 49,35% dos votos e já não pode formar maioria absoluta, o que seria necessário para liquidar o pleito neste domingo, 14. Seu adversário será Kemal Kilicdaroglu, dono de 44,98% dos votos. Os dados foram divulgados pela agência de notícias estatal “Anadolu”. Nacionalista de ultradireita, Sinan Ogan ficou na terceira posição, com 5,34% dos votos. O resultado oficial, entretanto, deve ser anunciado somente da madrugada (horário de Brasília) desta segunda-feira, 15. Nos próximos dias, Erdogan e Kilicdaroglu iniciarão suas campanhas para o segundo turno, marcado para daqui duas semanas, no dia 28 de maio.

No poder há duas décadas, Erdogan disse, durante a votação, que respeitaria o resultado das urnas e mostrou confiança em mais uma vitória. “Ainda não sabemos se a eleição será concluída no primeiro turno, mas se o povo nos levar para um segundo turno, também respeitaremos isso”, declarou o mandatário a seus seguidores, acrescentando que sua aliança conservadora governista conquistou uma “maioria” no Parlamento. Já Kilicdaroglu também foi otimista e afirmou que irá bater o atual mandatário no novo pleito. “Nós certamente venceremos no segundo turno”, disse o opositor aos jornalistas. “A vontade de mudança na sociedade é maior do que 50%”, continuou.

Nas eleições parlamentares, que também foram celebradas neste domingo, a aliança formada em torno do AKP, partido de Erdogan, obteve 50% dos votos e 325 dos 600 deputados do Parlamento, mantendo assim a maioria absoluta que tem há 20 anos. O CHP, de Kilicdaroglu, e seus aliados ficaram com 34% e 215 deputados, enquanto partido esquerdista e pró-curdo HDP e seus aliados ficaram com 60.

*Com informações da EFE e da AFP



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here