Bolsistas da UERJ relatam “rachadinha” via boleto e Pix – 27/04/2023

0
9

[ad_1]

Esta é a versão online da newsletter Pra Começar o Dia enviada hoje (27). Quer receber antes o boletim e diretamente no seu email? Clique aqui. Os assinantes UOL ainda podem receber dez newsletters exclusivas toda semana.

********

Folhas secretas pagavam bolsa de R$ 34 mil brutos por mês. Investigação exclusiva do UOL revela que bolsistas contratados em folhas de pagamento secretas da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) repassavam grande parte do que ganhavam para operadores que os indicavam às vagas. Entre junho e agosto de 2022, bolsistas devolveram dinheiro da remuneração pagando boletos para empresas ou transferindo via Pix.

O levantamento com 75 bolsistas revela também que serviços não foram prestados ao projeto de educação profissional. A UERJ disse que o projeto foi encerrado em dezembro e que vai apurar as novas denúncias. Reportagens anteriores do UOL sobre folhas de pagamento secretas deflagraram investigações do Ministério Público do RJ e da Procuradoria Regional Eleitoral.

Escolas sob ataque e apologia ao nazismo no Telegram estão interligados. A rede Telegram foi suspensa no Brasil nesta quarta (26) por decisão da Justiça do Espírito Santo. A Polícia Federal havia solicitado dados sobre grupos neonazistas e recebeu informação incompleta. A decisão atinge lojas de aplicativos e operadoras de telefonia, que deverão banir o Telegram de seus serviços temporariamente.

A multa será de R$ 1 milhão por dia se persistir o atraso no fornecimento de dados completos à PF. Em novembro de 2022, ataques a escolas do Espírito Santo deixaram quatro mortos e 12 feridos. Na investigação, policiais descobriram vídeos com promoção de ódio e tutoriais para cometer assassinato. No Rio Grande do Sul, a Polícia Civil prendeu e indiciou os pais de um adolescente por corrupção de menores e incitação de crime de apologia ao nazismo. Em Maquiné (RS), o pai do menino internado é conhecido como “o inglês”.

Bolsonaro alega uso de remédios para postar fake news sobre eleições. Milhares de seguidores de Jair Bolsonaro se aglomeraram em quartéis e partiram para o ataque à democracia em 8 de janeiro. O ex-presidente segue negando que tenha incentivado os atos golpistas em Brasília. Em depoimento à Polícia Federal na quarta (26), ele disse que estava sob efeito de remédios ao divulgar notícias falsas sobre a eleição do presidente Lula.

No Congresso, a CPI mista dos atos golpistas avança com disputas pela escolha de nomes para presidente e relator, e cálculos sobre o controle governista ou da oposição nos trabalhos. Por conta da minuta golpista, o ex-ministro Anderson Torres, preso há três meses, vira alvo dos governistas, enquanto a oposição bolsonarista vai mirar em Flávio Dino, atual ministro da Justiça.

Faltou ao mercado combinar com a inflação em queda. A notícia é boa, a alta dos preços entrou numa fase mais contida, quase tímida. Pelo segundo mês seguido, em abril a prévia da inflação no Brasil desacelerou. O IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor – Amplo 15) está se comportando assim: 0,76% em fevereiro, depois 0,69% em março e agora 0,57%, segundo o IBGE. Mesmo com combustíveis e passagens aéreas posando de atuais vilões, em 12 meses a inflação é a menor registrada em mais de dois anos.

O colunista José Paulo Kupfer cita projeções do economista Fábio Romão para afirmar que essa tendência de queda se manteria até junho, voltando a subir a partir de julho, com moderação. Esse cenário pode sinalizar outra boa notícia, o começo de um ciclo de cortes na taxa básica de juros, a taxa Selic.

Mãe, assina logo aqui a permissão para eu casar. Milhares de adolescentes entre 16 e 17 anos, gente muito jovem, se casaram no Brasil nos últimos dois anos. Foram 7.228 matrimônios entre janeiro de 2021 e março de 2023, segundo a Associação de Registradores de Pessoas Naturais.

Sim, o casamento nessa idade é legal… desde que os pais autorizem os menores de 18 anos. Mas é proibido se um dos cônjuges for adulto e o outro, menor de 16 anos. Também é crime, estupro de vulnerável, ter relações sexuais com menores de 14 anos. Na Índia, as famílias escolhem noivos e noivas para os jovens, pressionando-os em casamentos arranjados.



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here