Zanin volta a enfrentar os algozes de Lula em sabatina no Senado – 21/06/2023

0
6

[ad_1]

Esta é a versão online da newsletter Pra Começar o Dia enviada hoje (21). Quer receber antes o boletim e diretamente no seu email? Clique aqui. Os assinantes UOL ainda podem receber dez newsletters exclusivas toda semana.

********

Dia de expectativa no Senado. Cristiano Zanin foi advogado do petista Luiz Inácio Lula da Silva em condições bastante adversas. Os dois se mantiveram incansáveis nas denúncias de perseguição judicial nos processos da Operação Lava Jato que atingiram e levaram à prisão do presidente Lula. Foi um enfrentamento de anos com o poder político e econômico do país, e Zanin volta a encarar parte de seus algozes nesta quarta (21), no Senado, durante sabatina e votação para a vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal.

Senadores da oposição vão pedir detalhes a Zanin sobre seu futuro e provável comportamento ao julgar casos derivados da Lava Jato. A relação com Lula é outro tema espinhoso: críticos da escolha apontam falta de impessoalidade, enquanto apoiadores da indicação lembram que um presidente da República dificilmente indicaria um inimigo declarado para o STF. Os requisitos para o cargo incluem notável saber jurídico e reputação ilibada. Como advogado, Zanin ainda atua em casos de grande repercussão, como o da recuperação das lojas Americanas.

Lula em paz com o Congresso. Em viagem à Europa, o presidente Lula vai ser recebido nesta quarta (21) pelo papa Francisco no Vaticano. Os dois líderes têm posições convergentes sobre a guerra na Ucrânia e acreditam em movimentos futuros das respectivas diplomacias que possam intermediar a paz entre russos e ucranianos. O governo brasileiro quer convidar o pontífice para a cerimônia do Círio de Nazaré, no Pará.

Antes de embarcar, o presidente autorizou o empenho de R$ 1,052 bilhão em emendas parlamentares, escreve José Roberto de Toledo. “O R$ 1 bilhão autorizado em apenas um dia é 16% de tudo o que foi liberado em 166 dias de governo”, detalha o colunista. “Não é pecado que necessite de perdão papal, pois é uma imposição legal”.

Fake news até sob juramento. No depoimento à CPMI dos atos golpistas, Silvinei Vasquez chamou a atenção dos parlamentares por suas contradições. Ele comandou a Polícia Rodoviária Federal no governo Bolsonaro e deu informações falsas sobre temas importantes das eleições de 2022, segundo checagem da Agência Lupa.

Por exemplo, disse que Nordeste e Norte foram alvo de menos, e não mais fiscalizações da PRF. E que o Nordeste registra a maior quantidade de acidentes de trânsito com vítimas do país, além de grande número de armas de fogo. São informações equivocadas. Durante o depoimento, quem mente corre o risco de ser preso, mas o ex-diretor da PRF não foi punido pela CPMI. A relatora Eliziane Gama (MA) confrontou as respostas durante boa parte do depoimento. O colunista Kennedy Alencar analisa a reação do Palácio do Planalto diante da incapacidade da base governista de rebater as mentiras de Silvinei Vasquez.

As últimas horas para respirar. Os socorristas da Guarda Costeira correm contra o tempo porque o oxigênio terá fim na cápsula com cinco pessoas que se aventura no fundo do mar. O pequeno submersível (tem 6,4 metros de comprimento) que desapareceu domingo (18) no Oceano Atlântico em viagem rumo aos destroços do Titanic leva um piloto e quatro passageiros. Paul-Henry Nargeolet é o capitão, com vasta experiência em mergulho profundo e muitas expedições ao Titanic. Participou de três documentários sobre o navio. Shahzada e Suleman Dawood são pai e filho a bordo, a família tem um conglomerado de empresas no Paquistão e vive na Grã-Bretanha.

A empresa que opera o submersível e vende os mergulhos a R$ 1,1 milhão, a OceanGate, tem o seu próprio presidente como passageiro, Stockton Rush. O quinto elemento é o bilionário Hamish Harding, explorador de terra, mar e do espaço. Veja em vídeo como os turistas ao fundo do mar são treinados como tripulantes da expedição. E leia em Nossa as histórias dos caçadores de riquezas, as brigas, a pirataria e a ganância por trás do transatlântico afundado mais famoso do mundo.

A dor paralisante das cãibras noturnas. Muita gente já sentiu aquelas fisgadas doloridas das cãibras noturnas. Quando acontece na panturrilha (a batata da perna), a pessoa fica se esticando toda, se contorcendo até que a dor dos músculos contraídos passe. Reportagem de VivaBem explica que os casos são mais comuns à noite porque os músculos relaxam durante o sono, favorecendo a contração involuntária. Na hora, o jeito é tentar esticar suavemente a parte atingida. Para alguns, colocar os pés no chão ajuda. Depois, massagear ou fazer compressas também diminui a dor.

Entre as causas do perrengue estão exercícios físicos extenuantes (jogadores de futebol e tenistas paralisam com cãibras nas piores horas), problemas circulatórios, hérnia de disco e o envelhecimento natural. As cãibras noturnas atingem cerca de 37% da população com mais de 60 anos de idade, muitos deles usuários de remédios para controlar a pressão e o colesterol que têm desconforto muscular entre seus efeitos colaterais. Leia mais sobre as causas e as prevenções sugeridas por especialistas.



[ad_2]

Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here